You are currently viewing Servidores da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Parceria e Inovação visitam Rio Verde/GO

Servidores da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Parceria e Inovação visitam Rio Verde/GO

A Secretaria de Desenvolvimento Econômico, através dos servidores José Luiz de Paula Neto e Símbio Ricardo Batista, juntamente com representantes do Conselho de Desenvolvimento Econômico de Frutal e da Associação Comercial de Frutal (ACIF), realizou uma vista técnica na cidade de Rio Verde, Estado de Goiás.

Além dos servidores, estiveram presentes na visita técnica Rodrigo Hazine e Antônio Brito, presidente e vice-presidente da ACIF; os colaboradores da ACIF, Adilson Jorge Clemente e Weber de Souza; e o membro do Conselho de Desenvolvimento Econômico de Frutal (CODEF), Vereador Edivalder Fernandes da Silva.

No Município de Rio Verde, a comitiva frutalense foi recepcionada por Eduardo Lobo, presidente da Associação Comercial de Rio Verde; por Ângelo Landin Filho e Janaine Marquez, respectivamente, Presidente e Secretária Executiva do Conselho de Desenvolvimento Econômico de Rio Verde (CODERV).

No Município goiano, a comitiva compreendeu como a sociedade civil e classe empresarial auxilia no desenvolvimento de políticas públicas. Compreendeu-se a importância do CODERV na implementação de importantes projetos, relacionados à mobilidade urbana, ao saneamento básico, ao plano diretor e na ordenação do território para a geração de emprego e renda.

O Município de Rio Verde tem o 3º maior PIB do agronegócio do Brasil, graças a uma excelente conexão do setor produtivo, já que toda a cadeia produtiva está estruturada no território municipal. E isso aconteceu graças ao envolvimento de empresários, governo e sociedade civil, dentro do Conselho de Desenvolvimento Econômico.

Em Frutal, o conselho foi instituído pela Lei Complementar 113, de 27 de maio de 2022. A visita foi de extrema importância para o fortalecimento do Conselho de Desenvolvimento de Frutal, principalmente por ter se identificado a necessidade de ampliar a participação da sociedade civil no mesmo.