You are currently viewing Prefeito Bruno definiu com Senac vinda de cursos profissionalizantes para Frutal

Prefeito Bruno definiu com Senac vinda de cursos profissionalizantes para Frutal

Reunião que ocorreu na manhã de terça-feira (25) entre o prefeito Bruno Augusto, o secretário de Desenvolvimento Econômico, Parcerias e Inovações e representante do Senac – Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial -, definiu a vinda – inicialmente – de pelo menos cinco cursos profissionalizantes para Frutal.

Técnico em Enfermagem, Cuidador de Idoso, Garçom, Assistente Administrativo e Assistente de Logística, são os cursos que deverão estar disponíveis a partir desse ano. As tratativas para a vindas desses cursos junto ao Senac já estavam sendo feitas há pelo menos quatro meses.

O prefeito Bruno Augusto afirmou que, inicialmente, esses serão os primeiros cursos a serem disponibilizados nesse convenio junto ao órgão. “Nesse mês de janeiro já caminhamos bem com esse convênio. Nessa área de aprendizagem comercial, há demanda para esses cursos em Frutal. Mas estamos ainda alinhando a questão de quantidade de vagas, local e como serão feitas as inscrições”.

Erick Silva Torres Garcia, consultor de relacionamento do Senac, afirmou que são cursos de “formato gratuito para o Município, como por exemplo, cuidador de idoso, assistente administrativo, assistente de logística e garçom que serão efetivados durante o ano de acordo com a demanda local”.

Ele ressaltou ainda a parceria para a implementação do curso Técnico em Enfermagem. “Mais pra frente a Prefeitura estará divulgando todas as informações para inscrição e matricula”.

Erick esclareceu, entretanto, que inicialmente, serão dois cursos chamados de “cursos rápidos de Formação Inicial Continuada, com 160 horas de duração que são os de Cuidador de Idoso e Assistente Administrativo”.

O secretário de Desenvolvimento Econômico, Parcerias e Inovações, José Luiz de Paula Neto, afirmou que as demandas de cursos profissionalizantes são grandes. O oferecimento desses cursos, no entanto, deverá ser feito através de uma triagem que deverá ser efetivada pela Assistência Social. “Agora nós iremos estruturar um processo seletivo para garantir que iremos atender as pessoas certas. As pessoas que realmente precisam, que tem interesse nos cursos e que irão concluir o curso”.

Ele ressalta que o curso de Técnico em Enfermagem não será totalmente gratuito. Porém, o município garantirá bolsas de pelo menos 50% para as pessoas que serão atendidas. “O município vai poder ajudar pagando a metade do curso dando meia bolsa. Agora, nós vamos estruturar um edital de chamamento público”, finalizou o secretário.